sábado, 30 de junho de 2012

o man e o brother

Li este pequeno livro de contos ainda no início de maio. O Dilan Camargo iria lançá-lo aqui em Santa Maria (na boa livraria Athena) e eu havia me programado para conversar com ele sobre suas histórias. Mas naquele dia mesmo Dilan sofreu um acidente sério e tudo teve de ser cancelado. Ele está bem agora, mas sabe-se lá quando virá para uma outra manhã de livros e festa. Logo veremos. "O man e o brother" é um livro pensado para o público adolescente. Os contos são morais, mas não com a moral tola daqueles que pensam em impingir regras, mas sim de um sujeito que sabe viver em uma sociedade complexa e acredita poder contribuir com idéias e propostas para fazer dela um lugar melhor.  Os pequenos contos são uniformes, narram a inaptidão e o estranhamento mútuo entre pais e filhos, ou melhor, entre pessoas mais velhas e pessoas mais jovens. Cinco deles parecem reflexões de filhos sobre as pessoas mais velhas que as cercam: acompanhamos registros das memórias sobre um pai ausente; de uma mãe que sabe ser ética e transmitir esta ética ao filho; do desespero esmagador de um pai; das limitações tecnológicas de um outro; do comportamento excêntrico de um tio distante. Em outros cinco o registro parece ser o de filhos que não vêem nas pessoas mais velhas (sejam seus pais ou não) nada digno de orgulho ou valor: Dilan nos apresenta um garoto que decide se afastar de uns bandidos; uma garota mimada e estúpida (quase sinônimos neste conto); uma outra, delirante e lasciva em uma clínica psiquiátrica; um grupo de garotos que joga bola, alheio ao mundo (como sempre deve ser); e por fim um garoto que tenta entender o comportamento de um mendigo soturno, calado. A linguagem é muito bem cuidada, os contos, nem sempre previsíveis (como costuma acontecer com histórias pensadas para o público infanto-juvenil) no limite do lirismo, mas sem ofender nunca a inteligência do leitor. A edição é muito boa. Vamos a ver se noutro dia consigo um autógrafo dele neste meu exemplar. [início 07/05/2012 - fim 08/05/2012]
"o man e o brother", Dilan Camargo, Porto Alegre: 8Inverso, 1a. edição (2012), brochura 14x21 cm, 96 págs. ISBN: 978-85-62696-11-4

Nenhum comentário: