quinta-feira, 25 de maio de 2017

mitologia nórdica

Apesar de conhecer a série Sandman nunca li sistematicamente livros de Neil Gaiman. Neste blog só há um registro de leitura de cousas dele, o interessante "Objetos frágeis", de 2008. Recentemente ele publicou "Mitologia nórdica", uma leitura bem particular das sagas e dos mitos que, segundo ele mesmo, numa curta introdução, diz terem inspirado muito suas graphic novels ao longo da carreira. Assim como ele e eu, boa parte dos garotos nascidos no início dos anos 1960 tiveram seu primeiro contato com Asgard e seus habitantes por meio das revistas em quadrinhos do Poderoso Thor assinadas por Jack Kirby e Stan Lee. Gaiman, agora já com quase sessenta anos retomou esta paixão da infância, pesquisou as fontes primárias dos mitos, os Edda, textos escritos no início do século XIII, leu vários livros clássicos de interpretação, dentre eles os de Roger Lancelyn Green e Kevin Crossley-Holland. Sua linguagem é simples, direta, envolvente. Ele fala, descreve e reinventa os personagens principais (Odin, Thor, Loki), diz algo sobre a origem dos deuses e dos mundos, do entrelaçamento entre os mitos e a natureza, dos ciclos do herói e aventuras que os deuses nórdicos experimentaram, do Ragnarök inevitável. Lembrei-me do ritmo dos livros de Gustav Schwab sobre mitologia grega, que li ainda garoto na biblioteca pública de São Bernardo, já há tantos anos. Gaiman sabe estimular o leitor a procurar entender melhor as histórias, a ler outros livros e fontes, a interessar-se pelo tema (um tolo politicamente correto brasileiro diria apropriar-se dele, mas eu prefiro o velho e bom clichê que é mergulhar nos mitos e nos livros de mitologia). Como bem disse um grande amigo, o Robson Gonçalves: "Gaiman nos ilumina com informações e explicações dos termos, dos hábitos e da formação daquela cultura. Os 15 contos do livro abarcam o dia-a-dia, as festas, as lutas, as conquistas dos deuses escandinavos. Mas também seus temores, suas traições e sua crença num final de mundo absoluto. O fascínio da escrita e das estórias contadas por Gaiman, tornam ameno e bem palatável aquele cenário mítico". Verdade, don Robson, verdade. Grande livro.
[início: 20/04/2017 - fim: 21/04/2017]
"Mitologia nórdica", Neil Gaiman, tradução de Edmundo Barreiros, Rio de Janeiro: Editora Intrínseca, 1a. edição (2017), capa-dura 14x21,5 cm., 288 págs., ISBN: 978-85-510-0128-8 [edição original: Norse Mythology (New York: W.W. Norton and Company) 2017]

Nenhum comentário: