sexta-feira, 28 de junho de 2013

sobrescritos

Este pequeno livro é muito divertido. São contos cruéis, produzidos por Sérgio Rodrigues, sujeito que mantém a coluna jornalística "Todoprosa" na revista Veja (a coluna começou no antigo portal NoMínimo - hoje descontinuado - muitos anos antes da filiação dele à Veja). Rodrigues conhece bem o mercado livreiro, e parece familiarizado tanto com a high society dos editores poderosos e escritores já consagrados quanto com o bas-fond das editoras de aluguel e dos neófitos entusiastas de literatura. Em "Sobrescritos" estão reunidos 40 contos curtos, ditas "40 histórias de escritores, excretores e outros insensatos" pelo autor. Pouco importa se as histórias são inspiradas em conhecidos dele ou se brotam de sua imaginação. Algumas são obviamente invenções puras, mas noutras o leitor pode até imaginar alguém que mereceria ser identificado nelas. Encontramos em "Sobrescritos" causos literários bem humorados, que descrevem um mundo de egos em fúria, onde ideias são quase sempre tomadas de empréstimo (do Google?), blogueiros são "roadies" de aluguel de alguma editora, críticos são arrivistas profissionais ou acadêmicos fracassados, jornalistas são escravos da pauta (nunca da realidade), editores ficam a sonhar com aquele edital governamental que lhes garantirá o verão em Berlin (e a continuarem poseur do mecenato literário). Sérgio Rodrigues parece ser particularmente irônico com os escritores gaúchos. mas isso não é um pecado, não é mesmo?
[início: 31/05/2013 - fim: 01/06/2013]
"Sobrescritos: 40 histórias de escritores, excretores e outros insensatos", Sergio Rodrigues, Porto Alegre: Arquipélago editorial, 1a. edição (2010), brochura 12x17,5 cm., 148 págs., ISBN: 978-85-60171-12-5

3 comentários:

Clara Lopez disse...

Gostei de saber que vc gostou do livro de sergik, acompanho o trabalho dele no blog e gosto. Acho que vou gostar desses contos.
Abraço, clara

Aguinaldo Medici Severino disse...

Clara querida, é mesmo um livro divertido, para se ler descompromissado, rindo um tanto dos achados dele. Abração.

andressa disse...

http://24.media.tumblr.com/tumblr_m264e2wDCa1qb8vzto1_500.jpg